Quando se trata da lua-de-mel ambos precisam dar palpites em relação ao roteiro. E também, o lugar deve ser desconhecido tanto pelo noivo, quanto pela noiva, assim todos os detalhes serão descobertos juntos e não terá ar de nostalgia por alguma parte. Evite ao máximo optar por um local que uma das partes já tenha visitado com algum ex-namorado.

Não será legal estragar esse momento tão magnífico com brigas desnecessárias.


É válido fazer as reservas da viagem cerca de seis meses antes da data do casamento, além de terem tempo suficiente para quitar as dívidas, o casal também poderá fazer pesquisas sobre a cidade e ainda decidirá antecipadamente quais pontos turísticos não querem deixar de visitar. Outro ponto que precisa ser discutido antecipadamente é se preferem praia ou campo, certamente ficará mais fácil decidir qual cidade querem conhecer.


Atualmente, os cruzeiros também são bastante procurados, e cada vez mais a temporada marítima brasileira se estende, desta maneira, noivos que casarão entre os meses de outubro e abril poderão desfrutar bons momentos à bordo de um navio. Não esqueça, que a lua-de-mel em um cruzeiro poderá ser uma ótima alternativa para quem deseja fugir do tradicional.


Hoje em dia, muitas agências de turismo trabalham com o sistema de cotas para quem quer fazer a lua-de-mel em um cruzeiro, numa pousada na praia ou num hotel fazenda de primeira qualidade. Os convidados poderão os noivos pagando uma parte da viagem ao invés de dar presentes, que dependendo do caso não será de grande utilidade ou mesmo a melhor alternativa.


Se vocês escolheram pousada ou hotel, é necessário verificar se o local escolhido oferece meia-pensão ou completa, até para que a reservem um pouco a mais de dinheiro, no caso do mesmo proporcionar apenas o café da manhã como alimentação. Para finalizar, vejam quais são os entretenimentos do local, qual a temperatura predominante em determinada época do ano, entre outros detalhes considerados fundamentais para o sucesso da lua-de-mel.


Fonte: Internet